Sexta-feira, 1 de Abril de 2005

A CARTA

Mê crido filho,
Escrevi-ti algumas linhas pra saberis que tou viva.
Tou-ti a escreveri devagari pôs sê que nã sabis leri munte depressa.
Nã vás reconheceri a casa cando cá voltáris, pôs agente mudosse.
Acerca do tê pai, ele arranjô um bom trabalho, tem 500 homeins debaxo deli, pôs corta erva no cemitéro.
Avía uma máneca de lavari na casa nova cando agente se mudô, mas nã trabalhava munte bein, a semana passada pús lá 14 camisas, puxê o curdeli e nunca a más a vi.
A tu mana Maria têve um bébéi esta semana, mas ainda nã consegui saberi se é moço ó moça, por isso nã sei sés tio ou tia.
Tamein tenho más nutiças, o tê ti Patrício afugôsse num depósito de vinho da adega comprativa. Mêa dúzia de companhêros, tentaram salvá-lo, mas o cabrão do home dê-lhe umas safanadas e nã o deram de lá tirado. O corpo foi quêmado, mas levô 3 dias pra ardêri.
Fui ô dotori na 5ª fêra e o tê pai foi com migo. O dotori pôsmi um tubo na boca e disse-me pra nã falari durante 10 minutos. O tê pai ofrecesse logo pra comprari o tubo.
Só pingô 2 vezes esta semana, da 1ª vez durante 3 dias, a segunda nunca mais parou. Segunda fêra foi vento, fez tanto vento cuma das galinhas pôs o mesmo ovo 4 vezis.
Recebêmos uma carta do cangalhêro, diz que se nã pagarmos o enterro da tua avó, ele devolvia.
Olha mê filho, cuida-te. Nã te esqueças de bebêres o lête todas as nôtes antes de enterrares os cornos na fronha.
Um bêjo da tu crida mãi.
publicado por Cravadinho às 23:24
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Anónimo a 19 de Agosto de 2005 às 15:01
há muito k saí de beja... foi com imensa ternura k reli a velha carta. obg
mariamaria
</a>
(mailto:monteiro@mail.pt)

Comentar post

.pesquisar

 

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. MENSAGEM DE NATAL

. CONTRA O DESEMPREGO

. AOS PROFESSORES

. BRINDEMOS

. A CALÇADA

. ABELHAS

. O SOM DO CAVAQUINHO

. PRESIDENCIAIS 2011

. BANDA DE ALTER DO CHÃO

. JARDIM PÚBLICO

.arquivos

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Setembro 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds