Sexta-feira, 10 de Outubro de 2008

UM FIO DE MUDANÇA

Quem não conseguir extrair a percepção exacta dos factos que estão resultar da crise financeira que se instalou, vai estar desenquadrado e fora do contexto temporal que a sociedade vai impor muito rapidamente.

Nada vai ser como antes. Nas empresas, no Estado, nas contas pessoais, vão impor-se naturalmente lógicas diferentes de gestão e prioridades de consumo. Quando uma parte significativa do investimento é canalizado para aplicações financeiras, em detrimento do investimento no tecido produtivo, pode realmente dar no que deu.

Quanto mais forte for o abanão financeiro, mais evidentes vão ser as razões para a mudança de mentalidades relativamente ao uso do dinheiro. Como forma de acrescentar valor, uns trabalham e sai-lhes do corpo o sacrifício de manter as empresas ou os orçamentos familiares, outros fazem aplicações financeiras e esperam que vá caindo, o pior é quando estoira, pagam todos.

É agora mais claro que o dinheiro por muito que circule de aplicação em aplicação, não gera riqueza, enriquece uma minoria e enfraquece a economia estabelecendo um peso sobre o tecido produtivo, conduzindo ao estado em que estamos, de estagnação, de não produção, ou então de endividamento, por causa do comportamento imoral da economia.

Estou convencido que quando a terra parar de tremer, vai haver mais tino, mão firme no dinheiro e atenções viradas para outros sítios, de preferência onde não estejam os senhores da banca.

publicado por Cravadinho às 00:02
link do post | comentar | favorito

.pesquisar

 

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. MENSAGEM DE NATAL

. CONTRA O DESEMPREGO

. AOS PROFESSORES

. BRINDEMOS

. A CALÇADA

. ABELHAS

. O SOM DO CAVAQUINHO

. PRESIDENCIAIS 2011

. BANDA DE ALTER DO CHÃO

. JARDIM PÚBLICO

.arquivos

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Setembro 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds