Terça-feira, 6 de Maio de 2008

... SAI MAL PASSADO

 

Uma carne ou um peixe frescos mal passados, podem conter para além de bactérias patogénicas, parasitas, que uma vez ingeridos se alojam no nosso organismo, causando doenças graves ou em casos extremos a morte.

 

O hábito associado ao consumo de alimentos de origem animal mal passados, pode ter consequências graves na saúde dos consumidores. Se a temperatura a que são sujeitos, não for suficiente para eliminar os perigos biológicos, que este grupo de alimentos pode conter, então as consequências ao nível da saúde das pessoas que têm por habito pedir os alimentos mal passados, podem ser devastadoras.

Deve existir especial cuidado por parte de quem confecciona os alimentos, devendo proceder-se à verificação da temperatura interior a que são sujeitos no acto da confecção, verificando se é atingida uma temperatura igual ou superior a 85ºC, durante pelo menos um minuto, como garantia de que os agentes patogénicos são eliminados, reduzindo assim o risco de propagação de doenças por via alimentar. Os proprietários dos restaurantes deveriam mesmo colocar nas suas ementas uma advertência, no sentido de alertar os consumidores, para os perigos que podem estar associados ao consumo de carnes, pescado e mariscos, pouco cozinhados ou mal passados.

No caso das bactérias, sabe-se que se não forem eliminadas através da cozedura, podem causar toxinfecções alimentares. Por outro lado os parasitas, como a filária e outros,  vão instalar-se no nosso organismo, causando infecções, lesões internas, ou mesmo obstrução dos vasos sanguíneos. Neste caso, não só a cozedura adequada é importante, assim como a utilização de produtos que tenham sido congelados reduz o risco de permanência destes parasitas, principalmente no pescado. As autoridades de saúde espanholas, publicaram recentemente uma boa prática dirigida aos adeptos do suchi (peixe mal passado), que aponta a congelação como prática preventiva na eliminação de parasitas que frequentemente se encontram nos produtos da pesca.

 

Para além dos produtos de origem animal, também os vegetais que vão ser consumidos crus, podem conter microrganismos ou parasitas perigosos. É o caso do agrião, que quando utilizado em salada, apenas se deve utilizar as folhas, pois os caules por serem ocos, alojam entre outros, um protozoário designado por giárdia de influencia muito comum no aparecimento de patologias nem sempre associadas a este microrganismo.

Outros vegetais como a alface, ou o tomate, utilizados crus em saladas, devem ser previamente desinfectados, antes do seu consumo, utilizando para o efeito desinfectantes apropriados para vegetais, já disponíveis no mercado.

 

Não se pretende aqui fazer a apologia dos excessos cometidos em torno do tema da segurança alimentar, ajudando a construir a ideia de que aos poucos e por culpa dos técnicos, nos vamos vendo privados das tradicionais iguarias, restando-nos os desenxabidos alimentos quase artificiais. Nada disso, um alimento seguro, que é no fundo o que interessa, nada tem a ver com as práticas culinárias, com os aromas ou os produtos que nos são mais familiares. Pode e devem preservar-se os hábitos culinários tradicionais, atendendo-se ao conhecimento que vamos adquirindo sobre a origem de alguns perigos alimentares, que têm sérias implicações na saúde de todos nós.

publicado por Cravadinho às 00:37
link do post | comentar | favorito

.pesquisar

 

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. MENSAGEM DE NATAL

. CONTRA O DESEMPREGO

. AOS PROFESSORES

. BRINDEMOS

. A CALÇADA

. ABELHAS

. O SOM DO CAVAQUINHO

. PRESIDENCIAIS 2011

. BANDA DE ALTER DO CHÃO

. JARDIM PÚBLICO

.arquivos

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Setembro 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds