Domingo, 29 de Outubro de 2006

SÁBADO

Aos Sábados na parte da manhã, as Portas de Mértola enchem-se de gente. Hoje particularmente era um movimento de fazer inveja a qualquer centro comercial em tardes de Domingo. O Luiz da Rocha estava cheio, assim como as esplanadas e as lojas registavam bom movimento. A Rua Capitão João Francisco de Sousa, a Rua de Mértola, a (antiga) Meia Laranja, estavam cheias de gente.

São sinais a que os comerciantes e a Associação que os representa, assim como a Câmara Municipal , devem atender e responder à altura: da parte dos logistas , ensaiar a abertura aos sábados de tarde; da parte da Câmara conferir a estas ruas um ar de centro comercial ao ar livre, instalando vaseiras, melhorando a limpeza e corrigindo deficiencias na calçada.

Se alguém ainda tinha dúvidas, está aqui a prova de que não é por vedar o acesso ao trânsito, que se afastam as pessoas.

publicado por Cravadinho às 00:30
link do post | comentar | favorito
9 comentários:
De zig a 4 de Novembro de 2006 às 23:59
Por acaso é uma altura em que gosto de passar por esta zona, aos Sábados de manhã. Mas penso que na abertura das lojas neste dia à tarde há grandes opositores: Os próprios donos das lojas....
De Cravadinho a 5 de Novembro de 2006 às 22:43
Claro! E porquê?
Só acham interessante abrir na quadra natalícia, o que é certo é que aquele ponto da cidade revela sinais durante todo o ano, de que suportaria perfeitamente o comércio aberto aos Sábados de tarde.
Acho mal que continuem a dar vantagem aos "logistas forasteiros"
De nikonman a 5 de Novembro de 2006 às 23:31
Julgo que tenha sido precisamente nesse Sábado que também me andei a passear à tarde pelas Portas de Mértola. E não me restaram dúvidas: estivesse o comércio "local" aberto, mais gente haveria nas ruas, mais movimento. E sabe-se como "gente chama mais gente". Mas há mais de uma década que venho reclamando contra os horários do comércio bejense, mas ninguém me ouve. :-)
De Cravadinho a 6 de Novembro de 2006 às 22:48
Vamos ver quanto tempo mais a cidade resiste à abertura de um grande centro comercial...
nessa altura vamos ver se os empresários da nossa praça, não se arrependem de lhes ter faltado capacidade de anticipação.
De extramodum a 9 de Novembro de 2006 às 20:12
... poi é... mas QUANTO custa aos logistas manerem os estabelecimentos abertos fora das chamadas "horas normais"?... seria bom que houvesse mais comércio tradicional aberto. Mas a que custos para os comerciantes? Falar é fácil, fazer... nem sempre...

Abraços,
extramodum
De Cravadinho a 9 de Novembro de 2006 às 23:30
Custa o mesmo que custa para os outros.
E quanto é que custa mantê-los fechados?
De extramodum a 16 de Novembro de 2006 às 21:34
... aí é que tu te enganas!!!

È que custa MUITO mais aos pequenos empresários ou lojistas manterem o estabelecimento aberto nos "dias de descanso" do que custa às grandes superfícies:
1 - As grandes superfícies têm uma capacidade de negociação muito superior à dos "pequenos", já que mais não seja pelo "volume" de negócio (o que lhes permite pagar as taxas e impostos exigidos para tal...)
2 - Para além do elevado número de "funcionários" de que dispõem, incluem nos contratos dos mesmos a "disponibilidade para efectuar serviço ao fim de semana em horário flexível..."
3 - ...se cometerem alguma "ilegalidade", dispõem de meios, financeiros e não só para lhes fazer face...

Pergunto: Qual é o "comerciante tradicional" que está capaz de competir com estas condições? Das duas... três: ou sacrifica os seus dias de descanso e fica ele na "loja" (pagando a sobretaxa de abertura ao domingo, p.ex.); ou paga a alguém o "excesso de ter que trabalhar ao fim-de-semana" (correndo o risco de não fazer p'rá despesa...e pagando a taxa já referida...); ou então... não abre... e não ganha, mas também não perde!!! (e ainda não paga a referida taxa!)

Se estivessem todos em pé de igualdade, "pequenos espaços comerciais" e "grandes superfícies", se todos tivessem que cumprir os mesmos horários..., acredito que as cidades e vilas do nosso país teriam mais VIDA!

Há pouco tempo estive em Madrid, durante um fim-de-semana, e verifiquei que, tirando os "Cafés", Restaurantes e pequenas lojas de "souvenires" - e mesmo estas só em zonas chamadas de "turísticas", mais nenhum espaço comercial, fosse grande ou pequeno, se encontrava aberto! E as pessoas andavam pelas ruas, sentavam-se nas esplanadas ou nos bancos-de-jardim e falavam umas com as outras enquanto assistiam a um qualquer artista-de-rua que os entretinha a troco de... sei lá o quê (eu dei 1 euro a um "mimo"...)

Mas isso são "espanholices"! Eles estão errados. Nós é que estamos certos. Por isso é que eles têm a ETA e nós... nós temos o quê???

Abraços,
extramodum
De Cravadinho a 18 de Novembro de 2006 às 18:40
Tu deste 1 euro a um Mimo?

O Espanhois têm a ETA e nós temos a TRETA!
De Trequita a 2 de Dezembro de 2006 às 01:53
O problema é que as pessoas gostam de passar por lá porque é um hábito já muito enraizado na população... digamos que é um ponto de encontro
Duvido que tomem esse tipo de providências a não ser que daí tirem algum proveito para a "chefia"!

Comentar post

.pesquisar

 

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. MENSAGEM DE NATAL

. CONTRA O DESEMPREGO

. AOS PROFESSORES

. BRINDEMOS

. A CALÇADA

. ABELHAS

. O SOM DO CAVAQUINHO

. PRESIDENCIAIS 2011

. BANDA DE ALTER DO CHÃO

. JARDIM PÚBLICO

.arquivos

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Setembro 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds