Terça-feira, 25 de Abril de 2006

LIBERDADE SEM...

Falta qualquer coisa a esta Liberdade. Algo que se traduza em justiça social e bem estar para todos. Eu digo isto doutra forma, já que a expressão está gasta, principalmente pelos partidos de esquerda: no fundo o que a expressão significa é que  eu quero ter o direito de resolver os problemas na escola do meu filho sem receio que o prejudiquem; quero ter a certeza que no dia que precisar do Serviço Nacional de Saúde, se não encontrar a minha cunha, sou tratado com dignidade e profissionalismo; gostava que a Liberdade me garantisse que se eu reclamar a falta de celeridade do meu processo, não o colocam no fim da fila; gostava que esta Liberdade levasse a a Administração Pública a respeitar mais os cidadãos; gostava que a Administração Pública promovesse o respeito pelas regras entre os cidadãos; gostava que a economia obedecesse à lógica de ciência ao serviço do sociedade e não à lógica da engenharia financeira, transformando as empresas (algumas públicas), em plataformas de enrequecimento de uma minoria e do enfraquecimento social da maioria; gostava que as empresas cumprissem o seu papel, gerassem riqueza e bem estar social geral.

O Povo é inculto, educa mal os filhos e é apelidado de improdutivo. Um Povo essencialmente constituído por  pessoais  que vivem diariamente a angústia do sustento, que por 500€ se levantam às seis da manhã, pegam nos filhos para deixar algures, cumprem o dia de trabalho, chegam a casa às tantas, fazem jantar, tratam da roupa, limpam a casa, cuidam dos filhos... e a leitura, o teatro, o meu enriquecimento pessoal, para que eduque melhor os filhos. Claro que nestas circunstâncias as prioridades estão bem definidas. Quanto à falta de produtividade, é uma mentira ao serviço dos que dentro das empresas sugam a riqueza produzida.

Na Madeira, não se comemora a Liberdade. No continente, comemora-se a Liberdade. Na Câmara de Lobos, ou na Costa Norte ( Madeira), está bem patentente o contraste miseravel com o Funchal para Inglês ver. No continente, a diferença entre o interior e o litoral, os que vivem mal e os abastados, é bem visível também. O que significa (digo eu), que esta Liberdade é indiferente, com ou sem ela a realidade é a mesma.

Liberdade sem.. Democracia.

publicado por Cravadinho às 22:32
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De extramodum a 26 de Abril de 2006 às 09:01
Há mais de 2000 anos, Júlio César - o imperador romano - disse algo assim: "Há na Ibéria um Povo que não se governa a si próprio, nem se deixa governar!". - É fácil de adivinhar a que Povo se referia...
De Cravadinho a 26 de Abril de 2006 às 23:26
Pois,
mas 2000 mil anos depois, vejo um povo desgovernado, por alguém que diz governar.
De O Restaurador a 30 de Abril de 2006 às 12:04
I Encontro de Blogues de Vila Viçosa

Dia 22 de Julho venha até Vila Viçosa conviver com os seus amigos, traga a sua família, tenha a oportunidade de se maravilhar com a beleza de Vila Viçosa, passe um dia diferente no I Encontro de Blogues de Vila Viçosa!

Divulgue também o I Encontro de Blogues de Vila Viçosa, falando do mesmo no seu blogue, criando também um link. Pode criar um link personalizado, copiando o código do selo do I Encontro de Blogues de Vila Viçosa e colando-o no seu blogue.

Poderá obter mais informações em:

http://www.encontrodeblogues.pt.vu/
http://orestaurador.googlepages.com/home
http://orestauradordaindependencia.blogspot.com/
http://empregoalentejo.blogspot.com/
http://www.tabernainconformados.blogspot.com/
http://cidadela-dos-incultos.blogspot.com/
http://abata-afefe.blogspot.com/
http://quintoimperiodigital.blogspot.com/

Já somos 12 inscritos no I Encontro de Blogues de Vila Viçosa. Porque espera? Vamos descentralizar a blogosfera! Até Julho, em Vila Viçosa!

Comentar post

.pesquisar

 

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. MENSAGEM DE NATAL

. CONTRA O DESEMPREGO

. AOS PROFESSORES

. BRINDEMOS

. A CALÇADA

. ABELHAS

. O SOM DO CAVAQUINHO

. PRESIDENCIAIS 2011

. BANDA DE ALTER DO CHÃO

. JARDIM PÚBLICO

.arquivos

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Setembro 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds